E.E.Japorã. Coordenação de Área faz a diferença.

E.E.Japorã. Coordenação de Área faz a diferença.
E.E.Japorã está buscando inovar suas metodologias sempre! Atividades diferenciadas contribuem para isto!

vc é minha visita nº

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Trágico Acidente de Leitura - atividade com descritores.



Trágico Acidente de Leitura

Tão comodamente que eu estava lendo, como quem viaja num raio de lua, num tapete mágico, num trenó, num sonho. Nem lia: deslizava. Quando de súbito a terrível palavra apareceu, apareceu e ficou, plantada ali diante de mim, enfocando-me: ABSCÔNDITO. Que momento passei!... O momento de imobilidade e apreensão de quando o fotógrafo se posta atrás da máquina, envolvidos os dois no mesmo pano preto, como um duplo monstro misterioso e corcunda...terrível silêncio do condenado ante o pelotão de fuzilamento, quando os soldados dormem na pontaria e o capitão vai gritar: Fogo!

Extraído de "Nova Antologia Poética", Editora Globo - São Paulo, 1998, pág. 70.

1- O que o texto considerou um acidente de leitura?

a) O envolvimento num pano preto.
b) Não ler. Deslizar.
c) O fato de alguém encontrar uma palavra desconhecida no meio do livro que estava lendo.
O) O fato de a leitura deixa-lo tão cômodo ao ponto de se sentir viajando num raio de luz...

R: C  -   D4 – Inferir uma informação implícita em um texto.

2- No trecho, " Nem lia: deslizava", a expressão enfatizada dá ideia de:

a) Suavidade e desenvoltura.
b) Tropeços e gagueira.
c) Leitura sem entendimento.
d) Cansaço e indignação.

R: A   -   D18 – Reconhecer o efeito de sentido decorrente da escolha de uma determinada palavra ou  expressão. 

3- No trecho: "Que momento passei!..." o emprego das reticências servem para marcar.

a) Pausa e dúvida do leitor quanto a palavra desconhecida.
b) Pausa e perplexidade do leitor diante da palavra nova.
c) Indignação e compreensão do leitor.
d) Indicação de pausa diante do final da leitura.

R: B   -   D17 – Reconhecer o efeito de sentido decorrente do uso da pontuação e de outras notações

Fonte: Livro “Tecendo Linguagens” p.19.

2 comentários:

Ei,... psiu!

Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br